Aedes aegypti gera emergência em Recife

Aedes-aegypti

 

Segundo o Ministério da Saúde o número de casos suspeitos de microcefalia passou de 739 para 1.248, em menos de uma semana.

As notificações foram feitas em 311 municípios distribuídos em 13 Estados e no Distrito Federal. Os casos foram registrados no Nordeste, no Centro-Oeste e atingem também o Sudeste, com 13 casos em investigação no Rio de Janeiro.

Recife está sobre o decreto de emergência devido às doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti: dengue, chikungunya e zika vírus.

Recife é a cidade com o maior número de notificações do estado, foram 25.219 casos, o que representa um aumento de 838,2% no número de notificações.

A capital pernambucana iniciou um mutirão de combate ao mosquito.  As secretarias municipal e estadual de Saúde serão responsáveis por coordenar os trabalhos de combate ao mosquito e à proliferação das doenças.